Personalize o site:
Fundo Branco Ipatingao Parque Ipanema Flores Fundo Cinza
busca
Fechar [X]    ..:: Acesse nosso WebMail ::..

 @camaraipatinga.mg.gov.br

   
Tamanho do texto -   Diminui Fonte   AumentaFonte

Ipatinga
<< Voltar

O município de Ipatinga é formado pela Sede e pelo distrito de Barra Alegre. A cidade faz parte da Região Metropolitana do Vale do Aço, que possui cerca de 500 mil habitantes. Além das quatro principais cidades (Ipatinga, Coronel Fabriciano, Santana do Paraíso e Timóteo), há outras 22 no Colar Metropolitano.

A principal versão para o nome do município é a sua derivação da língua tupi e significa "Pouso de Água Limpa".

A cidade tem a altitude média de 250 metros. O ponto culminante, na Serra dos Cocais, é de 1.163 metros, próximo a divisa com Coronel Fabriciano. A altitude mínima se encontra na foz do Rio Piracicaba, com 235 metros. No município, predomina um relevo variando entre montanhoso e plano.

O município situa-se entre os rios Piracicaba, Doce e tendo a sub-bacia do Ribeirão Ipanema papel importante em sua configuração. Está localizado ainda no exato local onde o Rio Piracicaba encontra-se com o Rio Doce.

 


 

 Fotos: www.ipatinga.mg.gov.br 

Foto aérea do estádio Ipatingão e do Parque Ipanema à esquerda


 

 

 

Clima

O clima de Ipatinga é tropical, podendo nos pontos mais altos apresentar características típicas de clima tropical de altitude. A precipitação média anual é de 1.254,9 mm, sendo julho o mês mais seco, quando ocorrem apenas 11,4 mm. Em dezembro, o mês mais chuvoso, a média fica em 257,1 mm. Nos últimos anos, entretanto, os dias quentes e secos durante o inverno têm sido cada vez mais frequentes, não raro ultrapassando a marca dos 30°C, especialmente entre os meses de julho e setembro.

A temperatura mínima observada na cidade nos últimos anos foi de 9°C no dia 19 de agosto de 2010, registrada na região do Aeroporto da Usiminas. A máxima observada desde 1998 foi de 41 °C, no dia 25 de fevereiro de 2010.

 

Fauna e flora

Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), a cidade apresenta dez vezes mais área verde do que o recomendado para a qualidade de vida da população. A vegetação nativa do município pertence ao domínio florestal Atlântico (Mata Atlântica), dominando trechos de floresta Atlântica de baixada, onde se destacam-se árvores como o Jequitibá-rosa (Cariniana legalis), a Sapucaia (Lecythis pisonis), o Jacarandá-caviuna (Dalbergia nigra), a Braúna (Schinopsis brasiliensis) e o Palmito-doce (Euterpe edulis). Porém, devido a exploração nos períodos colonial e imperial e, atualmente com as atividades siderúrgicas e da produção de celulose para as grandes empresas da cidade e da região, grande parte da cobertura vegetal nativa foi destruída, dando lugar às grandes plantações de eucalipto.

Na fauna ipatinguense é comum observar animais típicos de sua vegetação nativa, como o Gato-do-mato (Leopardus tigrinus), Tatu (Chlamyphorus), Paca (Cuniculus paca), Raposa (Vulpes), Rato silvestre (Microtus arvalis), Sabiá-laranjeira (Turdus rufiventris), Sanhaço (Thraupidae), Tico-tico (Zonotrichia capensis), Rolinha (Columbinae), Saíra (Schinus terebinthifolia), Bem-te-vi (Pitangus sulphuratus), além de algumas espécies de aves de rapina, dentre outros.

 

 

 


 

 

 

Mesmo sendo uma cidade industrial, Ipatinga é rica em áreas verdes



 

Qualidade de vida

 

 

 

 

O Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDH-M) de Ipatinga é considerado elevado pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). Seu valor é de 0,806, sendo o trigésimo maior de todo estado de Minas Gerais (em 853). Considerando apenas a educação o valor do índice é de 0,901, enquanto o do Brasil é 0,849. O índice da longevidade é de 0,787 (o brasileiro é 0,638) e o de renda é de 0,729 (o do Brasil é 0,723).

A cidade possui a maioria dos indicadores elevados e todos acima da média nacional segundo o PNUD. A renda per capita é de R$ 25.577,18, a taxa de alfabetização adulta é 92,90% e a expectativa de vida é de 72 anos.

Dos 5.565 municípios brasileiros, Ipatinga ocupa a 43ª colocação no ranking das mais promissoras cidades para se construir uma carreira profissional, segundo pesquisa da Fundação Getúlio Vargas, publicada na revista Você S.A..

A indústria atualmente é o setor mais relevante para a economia ipatinguense. A produção industrial do município é liderada pela Usiminas e sua subsidiária a Usiminas Mecânica.

 

Transportes

Ipatinga conta com o Aeroporto da Usiminas, um dos maiores do estado. Apesar de pertencer à Usiminas e à cidade de Ipatinga, o aeroporto encontra-se no município de Santana do Paraíso, a 6 km do centro da cidade, atendendo não só às duas cidades, como também toda a Região Metropolitana do Vale do Aço, com vôos diários para Belo Horizonte e outros destinos.

Ipatinga possui uma estação ferroviária: a Intendente Câmara. Localizada a beira da BR-381, foi inaugurada em 18 de junho de 1960. A estação é uma das maiores da Estrada de Ferro Vitória a Minas, sendo importante para a economia municipal. Como alternativa para o escoamento da produção da Usiminas e recebimento de matéria-prima destinada à empresa. 

O município possui acesso às BR’s 458, 381 e 116, que o liga a Belo Horizonte, ao Espírito Santo, Rio de Janeiro e estados no nordeste brasileiro. De acordo com dados da prefeitura, o sistema de transporte coletivo de Ipatinga é composto de 64 linhas com extensão de aproximadamente 670 km, utilizando uma frota de 117 veículos que transporta em média cerca de 1.286.000 milhões de passageiros por mês.

 


 

 

O Parque Ipanema é a principal área de lazer urbana em Ipatinga

 

 


 

Turismo e lazer

 

 

 

 

A cidade de Ipatinga destaca-se em seu turismo. A Usiminas, juntamente com a prefeitura, vem investindo no turismo de negócios. Atualmente, o município já é o terceiro maior de todo estado de Minas Gerais nesse setor turístico, ficando atrás de Uberlândia e Juiz de Fora. Quanto ao lazer, o município possui ainda diversas atrações turísticas em seu território, sendo em área rural ou na zona urbana de Ipatinga.

Juntamente com Açucena, Belo Oriente, Coronel Fabriciano, Jaguaraçu, Marliéria, Santana do Paraíso e São Domingos do Prata, Ipatinga faz parte do Circuito Turístico Mata Atlântica de Minas Gerais, que foi criado em dezembro de 2009 pela Secretaria de Estado de Turismo com o objetivo de estimular o turismo ecológico na região.

O Parque Ipanema é uma das maiores áreas verdes do país situadas dentro de um perímetro urbano. Com mais de 1 milhão de metros quadrados, cerca de 12 mil árvores plantadas e localizado bem no centro da cidade é uma área aberta a toda a população. O complexo de lazer foi uma das últimas "obras de arte" do paisagista Roberto Burle Marx.

Conta com quadras poliesportivas, campos de futebol, lago, pista de cooper e ciclovia, anfiteatro, Farmácia Verde, Horto Municipal, Centro Esportivo e Cultural 7 de Outubro, Ginásio Poliesportivo Eli Amâncio, playground, auditório, Parque da Ciência, estação meteorológica e biblioteca ecológica (Ecoteca).

 


 

 

 

DADOS GEOGRÁFICOS

 

 

 

Extensão territorial      164,884 km2

Altitude máxima           1.163 metros (Serra do Cocais)

Altitude mínima            235 metros (foz do Rio Piracicaba)

Principais rios               Rio Piracicaba e Ribeirão Ipanema

 

População (estimada pelo
IBGE para 2012)
                             243.541 habitantes

 

LIMITES

 

Norte/Leste    Santana do Paraíso
Oeste              Coronel Fabriciano
Leste               Timóteo

 

TEMPERATURA

 

Média Anual   24,0 C
Máxima           28,9 C
Mínima           17,1 C

 

Densidade demográfica   1.467,98 hab/km2

 


Mapa do Site  PRAÇA DOS TRES PODERES, S/N | CENTRO | IPATINGA | MG - CEP: 35160 011 - FONE: (31) 3829 1200 | FAX: (31) 3829 1240