Personalize o site:
Fundo Branco Ipatingao Parque Ipanema Flores Fundo Cinza
busca
Fechar [X]    ..:: Acesse nosso WebMail ::..

 @camaraipatinga.mg.gov.br

   
Tamanho do texto -   Diminui Fonte   AumentaFonte
Comissão do legislativo vai ouvir usuários sobre o cercamento do Parque Ipanema Publicado em 13/12/2017
<< Voltar
Comissão do legislativo vai ouvir usuários sobre o cercamento do Parque Ipanema

A Câmara de Ipatinga realizou audiência pública na tarde desta quarta-feira (13) para discutir o projeto de cercamento do Parque Ipanema, apresentado à Prefeitura Municipal pelos Conselhos Comunitários de Segurança Pública (Consep’s) Integrado e da Regional 4 de Ipatinga.  A audiência foi requisitada pela Comissão de Abastecimento, Indústria, Comércio, Agropecuária e Defesa do Consumidor, do Legislativo, e contou com presença de vários vereadores, de representantes dos Consep’s, Prefeitura, Polícia Militar e comunidade em geral.


A audiência pública foi presidida pela vereadora Cassinha Carvalho, presidente da Comissão de Abastecimento,  que tem também como membros os vereadores Luiz Márcio Rocha Martins e Rogerinho.  A principal justificativa para o cercamento do Parque é aumentar a segurança dos usuários do equipamento público. 


Segundo os representantes dos Consep’s, várias ações são reivindicadas para combater a prática de crimes na área do parque e a preservação do patrimônio. “O cercamento do parque não é uma agenda deste governo, é uma agenda do Consep Integrado de Ipatinga. Há 10 anos discutimos esta questão, que também foi levada aos governos do Robson e da Cecília. Cercar o Parque Ipanema é apenas uma das ações que o Consep reivindica para a promoção da segurança pública no Parque Ipanema. Outras são as instalações de um sistema eletrônico de monitoramento por câmeras e de guaritas fixas para a Polícia Militar, que já afirmou em nossas reuniões que o parque se tornou uma rota de fuga para os autores de crimes. Também destaco que o cercamento do Parque Ipanema não é uma coisa nova, pois já estava previsto no projeto original de Burle Marx”, afirmou Joel Souto, diretor do Consep Integrado.


Várias pessoas da comunidade tiveram a oportunidade de se manifestar durante a audiência pública. A maioria delas se declarou contrária ao projeto defendido pelo Consep, que foi taxado como forma de segregação social. Elas também se disseram preocupadas com a descaracterização do maior cartão postal de Ipatinga e afirmaram que a medida seria completamente ineficaz para o fim de reduzir a ação de marginais no local.


 


“Privativação jamais”

O presidente da Câmara Municipal de Ipatinga, vereador Nardyello Rocha, estava presente na audiência e garantiu que “independentemente de cercar, fechar ou qualquer outra coisa, o parlamento jamais vai permitir a privatização do parque”. 


“Eu ouço essa conversa de cobrar a entrada no Parque Ipanema desde que cheguei ao parlamento muitos anos atrás. Mas tenham certeza, o parlamento nunca vai concordar com qualquer coisa desse tipo”, declarou Nardyello.


Para o presidente do Legislativo, está claro que é necessário melhorar a segurança no parque de forma imediata.  “Ontem mesmo dois rapazes roubaram uma moça no Parque Ipanema. Tomaram o celular dela e só não levaram o seu violino clássico porque ela agarrou o instrumento e apareceram algumas pessoas para ajudá-la. A PM, com toda a sua competência, prendeu os marginais logo depois, próximo à Maria Fumaça. Isso acontece lá todos os dias. Então é necessário que nós tomemos uma providência urgente e de forma veemente”.

 

Pesquisa

Como encaminhamento final, Nardyello Rocha sugeriu que a Comissão de Abastecimento, Indústria, Comércio da Câmara faça uma pesquisa com os usuários do parque e ouça o que eles têm a dizer sobre a questão da segurança e do cercamento. “Nós vemos muitas pessoas que não são frequentadoras do parque dando opinião sobre o problema. Tem que ir lá para ver o que o que o usuário do Parque Ipanema quer, porque ele é que sente na pele o problema da falta de segurança. Então, a minha sugestão é essa: que o usuário do parque seja ouvido em uma pesquisa realizada pela comissão, porque é ele quem realmente está lá dentro e sabe o que acontece”, finalizou o vereador Nardyello Rocha.


A vereadora Cassinha Carvalho afirmou que este ano participou de todas as reuniões do Consep Integrado e que o seu objetivo é buscar o melhor para a cidade.  Segundo a parlamentar, o secretário municipal de Obras Públicas, Eduardo Vilane, que estava presente na audiência, havia lhe garantido que nenhuma medida seria tomada pela administração sem antes ouvir a população.


“Esta audiência pública é o primeiro passo no sentido de ouvirmos a população. Todos os encaminhamentos apresentados hoje foram registrados e serão analisados. Com certeza, a Comissão de Abastecimento estará realizando a pesquisa sugerida aqui pelo presidente Nardyello Rocha para saber qual o interesse real da população”, concluiu a vereadora Cassinha Carvalho.  



Para receber notícias da Câmara de Ipatinga em seu e-mail clique AQUI.

Cadastre-se e receba emails da Câmara Municipal de Ipatinga.













Mapa do Site  PRAA DOS TRES PODERES, S/N | CENTRO | IPATINGA | MG - CEP: 35160 011 - FONE: (31) 3829 1200 | FAX: (31) 3829 1240